SecultBA abre inscrições para contratações artísticas do Carnaval 2016

12106997_907408859339276_4589252918544608598_n

Estão abertas a partir de hoje (19), pela Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA), as inscrições do credenciamento para a contratação de serviços artísticos no Carnaval do Pelourinho e Carnaval Pipoca 2016. As contratações estão abertas para bandas e artistas solo, projetos formados por 03 diferentes artistas, bandões e grupos de rua, microtrios, nanotrios, entre outros. O formulário de inscrição e o edital completo estarão disponíveis no site da SecultBA a partir deste sábado (17). As inscrições acontecem entre os dias 19 de outubro e 19 de novembro de 2015, via sedex ou entregue no Palácio Rio Branco, sede da SecultBA.

O Carnaval do Pelourinho é reconhecido como o carnaval da diversidade, que se vê por todos os cantos, nos palcos e ruas onde a folia acontece. Para tocar nos largos Pedro Archanjo, Quincas Berro D’Água e Tereza Batista, podem participar do credenciamento artistas e bandas dos estilos afro, reggae, arrocha, pop rock, afro pop, axé, antigos carnavais, samba, hip-hop e guitarra baiana. As cores e alegria que movimentam as ruas do Pelô serão representadas pelas bandas de sopro e percussão, bandinhas de percussão, bandinha de corda e percussão, bandão e performances. Uma das novidades do carnaval 2016 é a inclusão da categoria Baile Infantil, com repertório de músicas infantis e atividades recreativas para agitar a criançada que vem curtir o Carnaval do Pelô junto com as famílias.

O folião pipoca tem mais um motivo pra comemorar, o projeto Carnaval Pipoca segue expandindo, e no próximo ano, além dos já tradicionais microtrios, leva também para a avenida os nanotrios. Por meio do Carnaval Pipoca, os microtrios e nanotrios vão tomar conta de todos os principais circuitos carnavalescos de Salvador. O objetivo é o mesmo, deixar o público mais próximo da emoção da folia, sem cordas, resgatando o espírito de compartilhamento que fez do Carnaval a maior festa do mundo. Além de desfiles que relembram os antigos carnavais, também entram na folia repertórios da atualidade. Peu Meurray, Retrofoguetes, Neto Bala, Ivan Huol e Banda Marana estão entre os nomes que já subiram aos microtrios do Pipoca.

Outra marca do Carnaval Pipoca é a promoção de encontros musicais que entram para a história da folia. Entre os destaques da última edição, aconteceram os encontros de Chico César, Orquestra Afrosinfônica e Giba Conceição, do grupo Bailinho de Quinta com os cantores Lirinha e Kalu, e de Juliana Ribeiro, Roberto Mendes e Camerata Popular da Bahia. Tudo isso no Largo do Pelourinho, Centro Histórico de Salvador, escolhido como palco principal do Carnaval da Cultura. Os projetos inscritos para participar desta modalidade devem ser compostos necessariamente por 03 diferentes artistas para apresentação em conjunto, e o tema é livre.

Inscrições – As inscrições nos projetos Carnaval do Pelourinho e Carnaval Pipoca 2016 estão abertas entre 19 de outubro e 19 de novembro de 2015. Poderão inscrever-se pessoas físicas e jurídicas. A primeira etapa para o processo de credenciamento dar-se-á através de preenchimento de formulário de inscrição disponibilizado no site da SecultBA, acompanhado de todos os documentos descritos no edital. A documentação deve ser entregue ou remetida via sedex, devidamente lacrado, na forma e no endereço:

CREDENCIAMENTO SECULT – CCPI – CARNAVAL 2016

ENVELO 1 – DOCUMENTAÇÃO

(MODALIDADE ESCOLHIDA) – Exemplo: “Microtrio” ou “Nanotrio” ou “Projeto artístico – 03 artistas” ou “Apresentações em palco no Centro Histórico” ou “Apresentação nas ruas do Centro Histórico”

NOME DA BANDA/ARTISTA OU PROJETO

PROPONENTE

Secretaria de Cultura do Estado da Bahia – SECULT

Palácio Rio Branco, Praça Thomé de Souza, s/n – Centro, CEP 40 020 – 010 – Salvador, Bahia

Sobre o CCPI – O Centro de Culturas Populares e Identitárias (CCPI) da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA) é responsável pela execução, proteção e promoção das políticas públicas de valorização e fortalecimento das manifestações populares e de identidade, orientadas de acordo com o pensamento contemporâneo da Unesco e do Ministério da Cultura. Seu campo de atuação contempla a cultura do sertão, de matrizes africanas, ciganas e indígenas, LGBT, infância e idosos. Coordena o projeto Pelourinho Cultural, responsável pela programação artística dos largos do Pelourinho e suas grandes festas populares, e administra o Forte de Santo Antônio Além do Carmo, conhecido como o Forte da Capoeira.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s