Janeiro

Superintendência de Desenvolvimento Territorial da Cultura
Diretoria de Espaços Culturais
Espaços Culturais da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia – SecultBA

PROGRAMAÇÃO – JANEIRO
Cine Teatro Solar Boa Vista
Território – Região Metropolitana de Salvador
Programação Sala Principal, Sala de Ensaio, Sala de Oficina e Foyer

SALA PRINCIPAL

07 de janeiro – Sábado
18h – A-TEAM DANCE CONTEST BAHIA
Local: Sala Principal
Entrada – R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia promocional, com kg de alimento)
Classificação – Livre
Linguagem – Multilinguagem
Realização – Ernatan de Souza

 O A-Team Dance Contest Bahia é um evento cultural contendo apresentações, concurso e workshop de dança e música pop asiática. Trata-se de um evento exclusivo sobre este tema na Bahia, organizado com o intuito de atender a clara demanda crescente de público do estado. Serão dezenas de pessoas participantes, entre grupos de dança, jurados, palestrantes e organizadores, além de um público esperado de mais de 200 pessoas. Este evento é realizado desde 2014 em diversos espaços culturais, como no Xisto Bahia e no próprio Solar.

08 de janeiro – Domingo
15h – Mutum
Local: Sala Principal
Entrada – R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia)
Classificação – Livre
Linguagem – Teatro
Realização – Lilaz Produções

O espetáculo teatral Mutum traz um momento de reflexão ao público do Solar. Nascida da poesia escrita e da necessidade do artista em discutir nossas formas de convívio e trocas afetivas, a peça trabalha com a proximidade de quem conforta no colo, feito aquele conselho amigo, de olhos nos olhos ou de cabeça no ombro.

13, 19 e 20 de janeiro – Sextas e Quinta
19h30 – E Se Deus Fosse Preto
Local: Sala Principal
Entrada – R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia)
Classificação – 16 anos
Linguagem – Teatro
Realização – Sergio Luiz Laurentino

O espetáculo tem como personagem central LOID, homem negro preso injustamente pelo assassinato de sua filha e de sua esposa. Durante o tempo no cárcere, ele escreve textos que, após a sua morte, se revelarão como base para a criação de um novo paradigma mundial. Em pouco tempo, as idéias de LOID ganham repercussão absurda e tornam-se a nova religião universal. Com elementos de ficção científica, o texto faz um percurso até os anos 3.000, revelando surpresas de um mundo que viu a queda das religiões vigentes e o surgimento de um novo messias.

15 de janeiro – Domingo
14h – Samba Solidário
Local: Sala Principal
Entrada – R$ 5,00 (inteira) e R$ 2,50 (meia) + uma lata de leite em pó
Classificação – 18 anos
Linguagem – Música
Realização – Clécio Oliveira/Pagode do Igor

O Cantor Igor Nunes e o Produtor Clécio Barreto se uniram para realizar um evento em beneficio do Hospital Aristides Maltês. E reuniu uma turma boa de samba, o anfitrião, Pagode do Igor, receberá como convidados: Samba do Pretinho, Nosso Rítmo, Batifun, Samba.com, Resenha Samba Clube e Samba Mocidade. Vamos ajudar sambando!

22 e 29 de janeiro – Domingo
16h – Espetáculo Teatral Reino das Letras
Local: Sala Principal
Entrada – R$ 4 (inteira) e R$ 2 (meia)
Classificação – Livre
Linguagem – Teatro
Realização – Cia de Teatro Solidário de Brotas

A Cia de Teatro Solidário de Brotas apresenta a peça infantil Reino das Letras. A peça conta a história de Paty e Duende Duda, os novos atendentes da Biblioteca Encantada. Em uma viagem à Cidade das Letras, os dois percebem que as letras do alfabeto estão em guerra, fazendo com que as palavras sejam escritas de forma errada. Somente com a ajuda da plateia, Paty e Duende poderão solucionar esse grande problema.

SALA DE ENSAIO

Janeiro de 2017/ segundas das 9h às 13h; quintas e sábados das 15h às 19h e domingos das 14h às 18h
Ensaios preparatórios para espetáculo “As balas que não dei a meu filho”
Local: Sala de ensaio
Classificação – Livre
Linguagem – Teatro
Realização – Núcleo Afro-brasileiro de Teatro de Alagoinhas (NATA)

Durante todo o mês de janeiro, o Núcleo Afro-brasileiro de Teatro de Alagoinhas (NATA) realiza no Solar os ensaios do espetáculo “As balas que não dei a meu filho”. O espetáculo é um dos seis solos que compõe o projeto “Nata in solos: seis olhares sobre o mundo”. O espetáculo conta a história de Jessé, um policial negro, morador da periferia de Salvador, que se vê em desespero ao não encontrar seu filho Martinho em casa, numa noite de violência policial em seu bairro. O solo propõe tensionar a discussão a respeito da violência policial, além da polaridade “vítima x algoz”, a partir do ponto de vista de um agente da lei que se percebe “do outro lado”, uma vez que também é negro, morador da periferia e pode ser alvo das ações que realiza no exercício da sua atividade policial.

Janeiro – Segundas e Quartas-feiras, 19 às 21 horas
Ensaios da Companhia de Teatro Solidário de Brotas
Local: Sala de ensaio
Classificação – Livre
Linguagem – Teatro
Realização – Cia de Teatro Solidário de Brotas

A Cia de Teatro Solidário de Brotas utiliza o espaço para ensaios, formações de novos atores e de novos espetáculos. A participação de jovens da comunidade do Engenho Velho de Brotas, é um ponto forte do grupo.

 

 

Anúncios