Julho

Superintendência de Desenvolvimento Territorial da Cultura
Diretoria de Espaços Culturais
Espaços Culturais da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia – SecultBA

PROGRAMAÇÃO – JULHO
Cine Teatro Solar Boa Vista
Território – Região Metropolitana de Salvador
Programação Sala Principal, Sala de Ensaio, Sala de Oficina e Foyer

SALA PRINCIPAL

03 de Julho
13 horas – Audições Ne Kpop Dance Contest 2016 – A-Team
Local: Sala Principal
Entrada – Gratuita
Classificação – 14 anos
Linguagem – Teatro
Realização – Audições Ne Kpop Dance Contest 2016 – A-Team

As AUDIÇÕES NE KPOP DANCE CONTEST 2016 feita pela A-TEAM na Bahia, trata-se de um evento cultural contendo apresentações, uma espécie de concurso e workshop sobre dança e música pop asiática. Já realizamos este tipo de evento a cerca de 2 anos, exclusivo sobre este tema na Bahia organizado com o intuito de atender a clara demanda crescente de público do estado, interessado cada vez mais em dançar, participar e aprender o estilo de dança disseminado entre os jovens na mídia e experimentado em grandes e pequenos eventos de cultura pop asiática ocorridos ao longo dos últimos anos no estado e que mantém em suas programações pequenas apresentações de dança. Serão dezenas de pessoas participantes, entre grupos de dança, jurados e organizadores, além do público (entrada gratuita) esperado que sempre lotam os espaços.

06 de Julho – Quarta-feira
18 horas – Aniversário do Solar – Som das Binha
Local: Sala Principal
Entrada – Gratuita
Classificação – Livre
Linguagem – Multilinguagem
Realização – CTSBV e Som das Binha

Em clima de comemoração o Som das Binha movimenta o Aniversário do Cine Teatro Solar Boa Vista, e convida todos para participarem desta festa. Além de parabenizar o espaço, o Som das Binha agregará o público, dando uma atenção toda especial aos moradores do entorno do Teatro, que estão de parabéns, também, assim como o Teatro. A sonora ciranda do Som das Binha acontece sempre no sentido do empoderamento feminino, buscando igualdade nas oportunidades de realizar shows, cantar, dançar, contemplando gente de todas as idades. Querendo sempre agregar!

09 de Julho – Sábado
17h30 às 21h – Cultura Sarau do Solar
Local: Sala Principal
Entrada – Gratuita
Classificação – Livre
Linguagem – Multilinguagem
Realização – Cine Teatro Solar Boa Vista
Sarau realizado em parceria do CTSBV e de grupos que atuam na área, levando poesias, contos e diálogos sobre a nossa realidade.

10 de Julho – Domingo
10h às 17h – Domingo no Parque
Local: Sala Principal e Área Externa
Entrada – Gratuita
Classificação – livre
Linguagem – Multilinguagem
Realização – Cine Teatro Solar Boa Vista

O intuito do projeto é ocupar a área externa do Parque Solar Boa vista e, chamar atenção dos moradores para as atividades que acontecem no espaço. Nessa edição contaremos com a presença da Fundação Pedro Calmon, Defensoria Pública, SAEB e, com o Show infantil do grupo Corrupio, que fará um verdadeiro arrailzinho na Sala Principal do Cine Teatro Solar Boa Vista.

13 e 14 de Julho – Quarta e Quinta-feira.
14h às 17h – Oficina Coletiva de Teatralização de Contos Africanos
Local: Sala Principal
Entrada – Gratuita
Classificação – Jovens a partir de 14 anos e adultos.
Linguagem – Teatro
Realização – Acosta e Cine Teatro Solar Boa Vista

Oficina Coletiva de Teatralização de Contos Africanos. Esta oficina tem como objetivo oferecer gratuitamente a comunidade do Engenho Velho de Brotas oficina de teatro, tendo como material criativo contos e histórias africanas. Ministrantes:Antônio Marcelo, Josi Acosta e Sanara Rocha. Carga horária: 6h/a. Data:13 e 14 de Julho, das 14h às 17h.

15 de Julho – Sexta-feira.
15h às 17h – Apresentação Histórias das Chuvas
Local: Sala Principal
Entrada – Gratuita
Classificação – Livre
Linguagem – Teatro
Realização – Acosta e Cine Teatro Solar Boa Vista

Em cena a atriz Josi Acosta, acompanhada dos músicos Gabriel Carneiro e Sanara Rocha, interpreta contos de tradição oral africano que foram reescrito por autores de língua portuguesa. Com trilha sonora executada ao vivo ela conta Por que a galinha D’Angola tem pintas brancas, apresentando ao público a história deste animal tão importante na cultura afro-brasileira. Interpreta também a história de TSUI GOAB OU BATALHA CONTRA A MORTE, mostrando como um homem lutou sozinho contra a morte para livrar seu povo da seca, ambas as histórias tem em comum o espírito de solidariedade tão presente na cultura africana e afro-brasileira. A primeira história é oriunda de Angola e a segunda da África do Sul. Direção: Antônio Marcelo. Composições: Toni Edson.

17 de Julho – Domingo
15h às 18h – Festival de Canto Popular
Local: Sala Principal
Entrada – R$ 20,00 e 10,00
Classificação – Livre
Linguagem – Musica
Realização – Ana Paula Albuquerque

A escola baiana de canto popular vem trabalhando na formação de cantores em salvador desde 2008. Semestralmente apresenta shows produzidos como resultados dos cursos com os alunos. A ideia do festival foi iniciada em 2015 apresentado na arena e palco do Teatro SESC Pelourinho. Para o teatro solar nosso parceiro desde sua reabertura propomos a apresentação do festival.

22 e 23 de Julho – Sexta e Sábado
20h às 22h – DENZICHI
Local: Sala Principal
Entrada – R$ Gratuito
Classificação – Livre
Linguagem – Teatro
Realização – Cia de Teatro Solidários de Brotas – Fabio Marcelo

O evento tem como objetivo conscientizar o público alvo no combate ao mosquito Aedes Aegypti, onde durante o espetáculo serão abordadas as doenças transmitidas Zika, Dengue e Chikungunya, oportunidade em que o público poderá participar do espetáculo, mostrando as suas alternativas para a solução do problema encenado.

24 de Julho – Domingo
09h às 17h – TERCEIRO DUELO DE DUETOS DE NOVOS TALENTOS
Local: Sala Principal
Entrada – R$ 7,00 (INTEIRA); R$ 3,50 (MEIA)
Classificação – Livre
Linguagem – DANÇA
Realização – Grupo de Valsa Novos Talentos – Itamar Carlos Conceição

Duelo de duetos são movimentações de casais entre casais na dança contemporânea e clássica onde apresentam suas técnicas, criatividades, performances, habilidades das coreografias, com a filosofa de forma bons bailarinos entre os grupos de valsa sobre tudo o duelo é uma forma de competições sadia entre os grupos de bairro.

Semana Internacional da Mulher Negra Latino Americana e Caribenha

25 de Julho – Segunda-feira
16h – Oficina de Turbantes e Cuidados com a pele negra
Local: Foyer
Entrada – Gratuita
Classificação – 14 anos
Linguagem – Culturas Identitárias
Realização – CTSBV, Dete Lima e Catarina Lima

Importante iniciativa para a elevação da autoestima da mulher negra, nesta data tão importante no calendário da luta por igualdade de gênero, no mundo.
Dete lima traz suas amarrações, fazendo a cabeça e encantando as participantes. Juntamente com Dete, sua filha, Catarina Lima, traz uma mostra de cuidados com pele para mulheres negra.

25 de Julho – Segunda-feira
18h – Roda de Conversa – “Empoderamento da Mulher Negra”
Local: Foyer
Entrada – Gratuita
Classificação – Livre
Linguagem – Culturas Identitárias
Realização – CTSBV

Nesta data mais que especial, ainda teremos uma roda de conversas sobre “Empoderamento da Mulher Negra” em comemoração ao Dia Internacional da Mulher Negra, Latino Americana e Caribenha.

 

25 de Julho – Segunda-feira
19h – Bando de Teatro Olodum
Local: Sala Principal
Entrada – Gratuita
Classificação – Livre
Linguagem – Culturas Identitárias
Realização – CTSBV e Bando de Teatro Olodum

Nesta data mais que especial, o Bando de Teatro Olodum, fará apresentação especial do Espetáculo “Vozes Negras”, em comemoração ao Dia Internacional da Mulher Negra, Latino Americana e Caribenha.

26 de Julho – Terça-feira
14h – Oficina de Dança Afro – Renata Gomes
Local: Sala Principal
Entrada – Gratuita
Classificação – Livre
Linguagem – Dança
Realização – Os Negões e Cine Teatro Solar Boa Vista

Parceria do Cine Teatro Solar Boa Vista com Bloco Afros, e precisávamos começar com uma referência da comunidade do Engenho Velho de Brotas, Os Negões, que tem um forte trabalho social e da questão racial na comunidade, para fortalecer os laços desta comunidade com o espaço cultural, levando a beleza da dança afro para os interessados(as), nesta semana especial para as mulheres negras do mundo.

27 de Julho – Quarta-feira
14h – Oficina de Dança Afro – Soraia Santos
Local: Sala Principal
Entrada – Gratuita
Classificação – Livre
Linguagem – Dança
Realização – Ilê Aiyê e Cine Teatro Solar Boa Vista

Parceria do Cine Teatro Solar Boa Vista com Bloco Afro Ilê Aiyê, para fortalecer os laços da comunidade com este espaço cultural, levando a beleza da dança afro para os interessados(as), nesta semana especial para as mulheres negras do mundo.

28 de Julho – Quinta-feira
14h – Oficina de Dança Afro – Muzenza
Local: Sala Principal
Entrada – Gratuita
Classificação – Livre
Linguagem – Dança
Realização – Muzenza e Cine Teatro Solar Boa Vista

Parceria do Cine Teatro Solar Boa Vista com Bloco Afro Muzenza, para fortalecer os laços da comunidade com este espaço cultural, levando a beleza da dança afro para os interessados(as), nesta semana especial para as mulheres negras do mundo.

30 de Julho – Sábado
14h às 05h –Solar de Virote
Local: Sala Principal e Área Externa
Entrada – Gratuita
Classificação – 18 anos
Linguagem – Multilinguagem
Realização – Cine Teatro Solar Boa Vista

O Solar de Virote marca o encerramento do mês de comemoração ao aniversário de 32 anos do Cine Teatro Solar Boa Vista, com Feira de Artesanato e comidas, durante o dia…
A partir das 17h, “o couro come”. Teremos diversos grupos, de chorinho, hip hop, samba junino, partido alto, muita música eletrônica, para alegrar todos até o amanhecer do dia 31/07.

SALA DE ENSAIO

Julho – Segundas e Quartas-feiras
19h às 21h – Ensaio da Cia de Teatro Solidários de Brotas
Local: Sala Principal
Entrada – Gratuito
Classificação – Livre
Linguagem – Teatro
Realização – Cia de Teatro Solidários de Brotas – Fabio Marcelo

Neste espaço a Companhia de Teatro Solidários de Brotas, que é da comunidade do Engenho Velho de Brotas, faz seus ensaios e montagens de espetáculos, além da formação de novos atores.

11 a 30 de Julho -Segundas, Quartas e Quintas-feiras
14h às 18h – Solar Boa Dança
Local: Sala de Ensaio
Entrada – Gratuita
Classificação – 14 anos
Linguagem – Teatro
Realização – Jeferson de Jesus Albuquerque

O fechamento do ciclo de oficinas “Da Zona ao Palco: formação teatral no Solar Boa vista”, realiza suas atividades compreendendo a fase de contato com o fazer teatral através das diferentes vertentes de conhecimento em teatro, para jovens alunos da rede pública de ensino e moradores de oito zonas especiais de interesse social da cidade de Salvador.

08 e 29 de Julho – Sexta-feira
08h às 12h e 14h às 18h – Oficina de Caligrama
Local: Sala de Oficina
Entrada – Gratuita
Classificação – Livre
Linguagem – Incentivo à Leitura
Realização – CTSBV e Fundação Pedro Calmon – Semidéia Sentimental

Semidéia Sentimental Silva Santos – Psicopedagoga Clínica e Institucional 1082/ABPp-BA-FSBB/2011-2013; Aluna especial-Emoções, Cultura, Sociedade-Sociologia das Emoções/Mestrado-PPGCS-UFBA/2008; Filósofa- FBB/2002-2006; Atriz 10134/DRT-BA-Formação em teatro- FUNCEB/1999-2000. Experiência em: oficinas/cursos para contadores de histórias; contou histórias na XI Bienal do Livro da Bahia/2013; na Biblioteca Infantil Monteiro Lobato-FPC/SECULT-BA/2011-2015 atuou como contadora de histórias, como coordenadora do sarau, na elaboração/realização de oficinas literárias, lúdicas e atuação em peças teatrais. Educadora, contadora de histórias desenvolve trabalho autônomo nas áreas de: educação, filosofia, artes, psicopedagogia, sociologia, ética, aprendizagem, ludicidade, contação de histórias, mediação/incentivo da leitura, técnicas corporais e vocais, teatro, cinema, dança, através de aulas, oficinas, cursos e palestras. Atualmente, trabalha na Diretoria do Livro e Leitura – FPC/SECULT-BA/2016.

Data: 08/07/2016
Turma – 8:00h até 12:00h
Oficina de Caligrama: a oficina pretende estimular e incentivar a leitura, a criação de poemas. O caligrama é um poema cujas linhas ou caracteres gráficos formam uma figura relacionada com o conteúdo ou a mensagem do texto. Os participantes da oficina irão fazer leituras de poemas e confeccionar seu próprio caligrama, com o auxílio da oficineira – Semidéia Sentimental. Público: interessados que saibam ler e escrever. Total de participantes: 20
Turma – 14:00h até 18h:00h
Oficina de Caligrama: a oficina pretende estimular e incentivar a leitura, pois, o caligrama é um poema cujas linhas ou caracteres gráficos formam uma figura relacionada com o conteúdo ou a mensagem do texto. Os participantes da oficina irão fazer leituras de poemas e confeccionar seu próprio caligrama, com o auxílio da oficineira – Semidéia Sentimental. Público: interessados em poemas que saibam ler e escrever. Total de participantes: 20

09 e 16 de Julho
14h às 17h30 – Oficina de Modelos – GL Models Produções
Local: Sala de Oficina
Entrada – Gratuita
Classificação – 05 a 27 anos
Linguagem – Moda
Realização – GL Models Produções

A oficina de modelos visa oportunizar crianças de 05 a 13 anos e jovens de 14 a 24 anos, participarem de um evento de moda e possibilitar aqueles ou aquelas que trazem dentro de si anseios da passarela, o momento de ingressar quem sabe no mundo fashion ou até mesmo realizar um sonho infantil acalentado em seus corações. De uma forma ou de outra a oficina de modelos 2015 objetiva inserir crianças e jovens neste contexto e conduzi-las á passarela, difundindo a beleza e charme dos baianos. Por tanto o intuito desse projeto é confirmar mais uma vez que a Bahia é a terra da cor, alegria, beleza, para podermos dizer: moda também se faz aqui.

29 de Julho – Sexta-feira
08h às 18h – Oficina de Caligrama
Local: Sala de Oficina
Entrada – Gratuita
Classificação – Jovens, adultos e idosos interessados em incentivar a leitura
Linguagem – Moda
Realização – CTSBV e Fundação Pedro Calmon – Semidéia Sentimental

Semidéia Sentimental Silva Santos – Psicopedagoga Clínica e Institucional 1082/ABPp-BA-FSBB/2011-2013; Aluna especial-Emoções, Cultura, Sociedade-Sociologia das Emoções/Mestrado-PPGCS-UFBA/2008; Filósofa- FBB/2002-2006; Atriz 10134/DRT-BA-Formação em teatro- FUNCEB/1999-2000. Experiência em: oficinas/cursos para contadores de histórias; contou histórias na XI Bienal do Livro da Bahia/2013; na Biblioteca Infantil Monteiro Lobato-FPC/SECULT-BA/2011-2015 atuou como contadora de histórias, como coordenadora do sarau, na elaboração/realização de oficinas literárias, lúdicas e atuação em peças teatrais. Educadora, contadora de histórias desenvolve trabalho autônomo nas áreas de: educação, filosofia, artes, psicopedagogia, sociologia, ética, aprendizagem, ludicidade, contação de histórias, mediação/incentivo da leitura, técnicas corporais e vocais, teatro, cinema, dança, através de aulas, oficinas, cursos e palestras. Atualmente, trabalha na Diretoria do Livro e Leitura – FPC/SECULT-BA/2016.

Turma – 8:00h até 12:00h
Oficina de Contação de Histórias: a oficina pretende estimular e incentivar a leitura, a mediação da leitura por meio das histórias. A arte em contar histórias requer vontade e é importante para o estímulo da leitura das crianças, adultos e idosos. Essa arte é educativa, terapêutica e incentivadora da leitura. Os participantes da oficina irão aprender técnicas de corpo, voz, recursos lúdicos para a contação de histórias, com teoria e prática sobre o assunto, com o auxílio da Contadora de Histórias – Semidéia Sentimental. Público: interessados em incentivar a leitura, maiores de 18 anos. Total de participantes: 20
Turma – 14:00h até 18h:00h

Oficina de Contação de Histórias: a oficina pretende estimular e incentivar a leitura, a mediação da leitura por meio das histórias. A arte em contar histórias requer vontade e é importante para o estímulo da leitura das crianças, adultos e idosos. Essa arte é educativa, terapêutica e incentivadora da leitura. Os participantes da oficina irão aprender técnicas de corpo, voz, recursos lúdicos para a contação de histórias, com teoria e prática sobre o assunto, com o auxílio da Contadora de Histórias – Semidéia Sentimental. Público: interessados em incentivar a leitura, maiores de 18 anos. Total de participantes: 20

SALA DE OFICINA

18 a 29 de Julho – Segundas às Sexta-feiras
14h às 16h – Oficina de Canto/Coral
Local: Sala de Oficina
Entrada – Gratuito
Classificação – Livre
Linguagem – Canto
Realização – Ju Lourenço e Vozes do Engenho

Para formação vocal, teremos a professora Ju Lourenço, do grupo “Vozes do Engenho”, da comunidade do Engenho Velho de Brotas, que estará utilizando a “Sala de Ensaio” do Cine Teatro Solar Boa Vista, para ministrar Oficina de Canto/Coral do dia 18/07 ao dia 28/07, de segunda a sexta, das 14h às 16h. A professora Ju Lourenço, com o apoio do grupo Vozes do Engenho em parceria com o Cine Teatro Solar Boa Vista. O conteúdo abordado na oficina será: Os Quatro Pilares da Técnica Vocal; Os Mecanismos da Voz; As Propriedades do Som; Interpretação e Expressão Vocal. As inscrições para as oficinas serão abertas no dia 05 de julho de 2016. Cada aula da oficina de canto/coral terá a duração de 2horas, das 14:00hrs às 16:00hrs, sendo realizadas de segunda à sexta-feira..

FOYER

08 de Junho a 08 de Julho – (Abertura Sexta-feira, 08/07)
09h às 18h – Exposição “Inflorescência dos Orixás: Onã Ni Àté”
Local: Foyer
Entrada – Gratuita
Classificação – livre
Linguagem – Artes Visuais
Realização – Elson de Souza Ferreira

“Inflorescência dos Orixás: Onã Ni Àyé” será uma exposição de artes visuais expressas em telas artísticas que ocorrerá entre o mês de julho e agosto do ano vigente, com objetivo de retratar o ciclo de desenvolvimento imaterial dos orixás na própria mitologia ioruba, materializado e expressado por meio da arte valorizando a cultura negra baiana. A técnica utilizada para criação das telas é a de acrílico sobre tela, a qual permite maior visibilidade e deslumbrância da arte. O inflorescer significa amadurecer, transcender e resignificar. O tema surgiu após uma autoanálise do artista sobre o seu trabalho, com histórico de exposições que resaltavam a magnitude da mulher negra e dos orixás, um novo olhar nessa caminhada proporcionou a redescoberta da beleza e desenvoltura dos elementos que compõem a comunidade negra. Tudo isso fazendo um link com o momento de transição e novas descobertas que próprio artista está vivendo.

Anúncios