Setembro

Superintendência de Desenvolvimento Territorial da Cultura

Diretoria de Espaços Culturais

 PROGRAMAÇÃO – SETEMBRO DE 2015

Espaços Culturais da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia – SecultBA 

Cine Teatro Solar Boa Vista |Território – Região Metropolitana de Salvador

selo_Celebre_a_Primavera

 

Filme Mato sem cachorro (BRA). Direção: Pedro Amorim. Duração 1h53

Data: 01, 08, 15, 22 e 29 de Setembro – Terças  – Mediação Cultural

Hora: 10h

Entrada Gratuita

Classificação: 12 anos

Linguagem: Audiovisual

Realização: Cinema Petrobras em Movimento

Sinopse: Deco (Bruno Gagliasso) vive jogado no sofá de sua casa, apesar de ter bastante talento com a música. Um dia, ele encontra dois grandes amores de uma só vez: a radialista Zoé (Leandra Leal) e o cachorro Guto, que desmaia toda vez que fica muito animado. Não demora muito para que o trio viva como se fosse uma família. Só que, dois anos depois, Zoé termina o namoro, fica com a guarda de Guto e ainda por cima arranja um novo namorado (Enrique Diaz). Motivos mais do que suficientes para que Deco fique revoltado e prepare uma vingança: sequestrar Guto. Para tanto ele conta com a ajuda de seu primo Leléo (Danilo Gentili).

Espetáculo Corpo e Alma – Em Verso e Prosa

Data: 05 de Setembro (sábado)

Hora: 20h

Entrada:R$6 e R$3 (meia)

Classificação: LIVRE

Linguagem:TEATRO

Realização: Trupe de Teatro 4.COM

Sinopse: A Trupe de Teatro 4.COM apresenta o espetáculo Corpo e Alma – Em Verso e Prosa. A peça surge com a proposta de abordar os universos de Cecília Meireles e Carlos Drummond de Andrade, e traz poetas desconhecidos e alguns improvisos cômicos. Uma forma moderna de recitar, dramatizando a poesia.

Espetáculo Nós em 2

Data: 09 e 10 de Setembro (quarta e quinta-feira)

Hora: 20h

Entrada: R$5 e R$2,50

Classificação: LIVRE

Linguagem: Dança

Realização: Grupo Jeitus de Dança

Sinopse: Grupo Jeitus de dança Espetáculo de dança contemporânea que tem como objetivo o incentivo a apreciação de dança na cidade Salvador,além de propor diálogos e discussões por meio da arte.

Projeto Largo da Palma

Data: 11 de Setembro  (sexta-feira)

Hora: 08h às 12h

Entrada Público Restrito

Classificação: LIVRE

Linguagem:  Multilinguagem

Realização:  Colégio Bernardo Galvão

Sinopse: O Colégio Bernardo Galvão vai apresentar uma amostra cultural com base no Livro “O largo da Palma” de Adonias Filho. Durante duas unidades letivas, os professores de português, história, educação artística, geografia e história da arte em um projeto interdisciplinar desenvolveram com os alunos do 6º ao 9º ano do ensino
fundamental II atividades relacionadas a estória do livro já mencionado.

Oficina de Contação de História

Data: 13 de setembro (domingo)

Hora: 09h às 12h e 13h às 18h

Ingresso: Público Restrito

Linguagem: LITERATURA

Realização: Ana Paula Carneiro

Sinopse: Oficina de Formação em Mediação de Leitura e Contação de História para os funcionários do SEBRAE-BA

Sextas Instrumentais – Concertos Didáticos nos Espaços Culturais Apresenta: Camerata Quadro Solar

Data: 18 de Setembro  (sexta-feira)

Hora: 15h às 16h

Ingresso: Gratuito

Classificação: LIVRE

Linguagem: Música

Realização: OSBA e a Diretoria de Espaços Culturais/SECULT

Sinopse: O projeto Sextas Instrumentais – Concertos Didáticos nos Espaços Culturais irão apresentar quatro cameratas formadas por músicos da Orquestra Sinfônica da Bahia.  As apresentações ocorrerão entre os meses de julho e dezembro de 2015, pelo menos uma sexta-feira a cada dois meses, às 15h. Eles terão caráter artístico e didático, e caracterizam-se pela execução de um repertório que mescla a música erudita e popular, intercaladas com a explicação sobre as obras, seus compositores, o período histórico em que foram criadas, entre outras abordagens. Fazem parte do projeto quatro cameratas formadas por músicos da Orquestra Sinfônica da Bahia: Opus Lúmen, Quadro Solar, Quarteto Novo e Bahia Cordas.  Para os músicos, cada apresentação também é um exercício de aperfeiçoamento dos seus instrumentos, contribuindo ainda mais para a qualidade da OSBA como um todo.

Show Concerto Didático Grupo Canela Fina

Data: 19 de Setembro  (sábado)

Hora: 16h

Entrada: R$20 e R$10

Classificação: LIVRE

Linguagem: MÚSICA

Realização: Grupo Canela Fina

Sinopse: O Grupo Canela Fina foi criado em Salvador no ano de 2010 com o intuito de fazer música com e para as crianças. Atualmente é composto por Angelita Broock, Kamile Levek, Carla Suzart, Diogo Flórez e Nelson Aguiar. A principal proposta do Grupo Canela Fina é proporcionar ao público infantil músicas com arranjos próprios e instrumentações variadas, aperfeiçoando a percepção e apreciação musicais das crianças. 

Conferência Livre de Juventude de Crespas, Turbantadas, Comunicadores e Grafiteiros

Data: 20 de Setembro  (domingo)

Hora: 14h às19h

Entrada: Gratuita

Classificação: LIVRE

Linguagem:  Audiovisual/Literatura

Realização: Coletivo Nacional de Juventude Negra – ENEGRECER

Sinopse: O Coletivo Nacional de Juventude Negra – Enegrecer, um coletivo construído por jovens negras e negros pretende realizar em Salvador, uma etapa da Conferência livre no Solar Boa Vista com jovens estudantes da periferia. Nós, como militantes ativos do Movimento Negro, entendemos que a 3ª Conferência Nacional de Juventude Negra é um espaço de diálogo entre o poder público e a sociedade, no qual os desafios da construção de políticas públicas para o segmento juvenil e as alternativas que devem ser adotadas pelos governos para responder a eles precisam ter um dialogo maior com a juventude, principalmente a juventude negra, pobre de periferia que possui um déficit grande em termos de participação política. Diante dessa realidade, pretendemos debater os grandes desafios da juventude negra nos baseando no eixo Diversidade e Igualdade e o eixo Direito a comunicação acordando com maior preocupação o debate do Racismo e Igualdade e a democratização das mídias. A nossa Conferência livre, acontecerá em dia 20 de Setembro de 2015 e contará com a participação dos militantes de coletivo Enegrecer, Lideranças da comunicação, Lideranças do grafites e os jovens da comunidade.

Um Poema em Cada Árvore *Área Externa do SOLAR, Parque Solar Boa Vista

Data: 21 de Setembro  (segunda)

Hora: 09h e 14h

Entrada Gratuita

Classificação: LIVRE

Linguagem: LITERATURA

Realização: Instituto Psia e Cine Teatro Solar Boa Vista

Sinopse: O Um poema em cada árvore é uma iniciativa de incentivo á leitura realizada mensalmente desde agosto de 2010 na cidade de Governador Valadares, Minas Gerais, que utiliza as árvores como forma de convidar as pessoas ao mundo da leitura, pendurando mensalmente poemas de poetas contemporâneos nos oitis valadarenses. Idealizada pelo poeta Marcelo Rocha e realizada pelo Instituto Psia, a iniciativa possui uma característica pioneira e de fácil replicação que se propõe à construção de novos espaços de fruição poética, ampliação do acesso da população à poesia e divulgação do trabalho de poetas contemporâneos para novos públicos. O Um poema em cada árvore foi uma das iniciativas premiadas no Prêmio Vivaleitura 2011 e 2014, concedida pela OEI ­ Organização dos Estados Ibero-­Americanos. Através de uma Mobilização Nacional realizada em 21 de setembro dos anos de 2012, 2013 e 2014 o Um poema em cada árvore foi realizado em mais de 100 cidades das 5 regiões do país, por meio de uma Mobilização Nacional constituída de uma rede de poetas, educadores, agentes culturais e sociais, instituições e estudantes voluntariamente mobilizados em levar a poesia aonde o povo está.

FUSCA- Festival Unifacs de Sustentabilidade, Cultura e Arte

Data: 26 de Setembro  (sábado)

Hora: 09h às 21h30

Ingresso: A definir

Classificação: 12 anos

Linguagem: Multilinguagem

Realização: Unifacs – Universidade Salvador

Sinopse: O Festival Unifacs de Sustentabilidade, Cultura e Arte – FUSCA tem como objetivo incentivar, promover, apoiar e dinamizar atividades de arte e cultura, e outras relacionadas à temáticas sócio ambientais. O evento pretende promover uma série de atividades, durante todo o dia, envolvendo diversas manifestações e intervenções artísticas e culturais, desenvolvidas pela comunidade acadêmica da Unifacs, e por grupos artísticos, culturais e de empreendimentos de economia solidária. Tem como objetivo sensibilizar os públicos para a produção e o consumo da arte e da cultura, e dos temas que envolvem as questões ambientais, através da participação direta, da reflexão e do entretenimento. Além de estimular o intercâmbio dos projetos dos participantes, como forma de divulgação da arte e da cultura no âmbito da Universidade e da comunidade do Engenho Velho, e de outros interessados que desejem favorecer o desenvolvimento da cidadania e do espírito da sustentabilidade.